Gorros do Jardim


Feitos um a um por uma deusa chamada Iracema, vulgo a minha vovó MA-RAA-VI-LHOOOO-SA. 

Minha vó sempre foi uma mulher ativa, alegre, positiva. Estar perto dela é sinônimo de felicidade. Não só pra mim, que sou neta, mas pra qualquer pessoa que tem a sorte de conhecê-la, sério mesmo. 

E durante a pandemia ela tem produzido de tudo... Tapetes, cachecóis, gorros... Ela ama tricotar. E com a intensão de espalhar a energia mágica dessa mulher, aqui estão os Gorros do Jardim, feitos pela vó da fada, a DEUSA IRACEMA, pra aquecer nesse inverno, e ser companhia pra hora do chá e do café, junto às peças de cerâmicas mais lindas do Brasil.